Amor nem Dor

by 7/06/2011 2 comentários
Vem amor,
nem dor desune
o incansável desapear do olhar.

Vem amor
discutir o azul
estonteante do céu vizinho.

Vem amor,
vasto de crítica
não consegue diluir o que já evaporou.


Vem amor,
nem a dor desune
amor costurado a linhas do destino.



SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.