Pausa, quer brincar comigo?

by 3/11/2012 0 comentários
Embevecidos pelo contínuo
deixamos a pausa esquecida
em algum lugar do agora.

Vivendo em busca do próximo passo
desconhecemos o momento passado.

Como compreender
se o olhar está sempre adiante?

Contadores de segundos,
sofremos de falência múltipla de horas.


SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.