A Borboleta e a Joaninha

by 8/07/2012 1 comentários
Em uma tarde nublada, a doce Borboleta acordou e de seu casulo pela primeira vez se distanciou.
A falta de sol e o pesar das novatas asas, não impediram a alegria do novo dia.
Admirada pela exuberância de sua beleza, distraiu-se e ao tentar pousar na flor perdeu o controle e trombou na pequenina Joaninha.
- Ei! Olhe por onde anda!
- Não se ofenda vermelhinha, me distrai.
- Quem se distrai enquanto voa?
- Quem não se distrai enquanto voa?
- Tanto tempo ficou a espera da transformação e ainda assim nada aprendeu. Pensou em voz alta a Joaninha. 


SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.