As Delongas da Vida

by 1/16/2013 0 comentários
 Nessa relva de longos caminhos,  nem sempre é possível desviar. Como então parar e amar? 

SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.