Pocket conto: A ajuda

by 1/18/2013 0 comentários
Dias após uma dolorosa separação,
a jovem mulher subiu a montanha para achar a ajuda,
alguém que recoloca-se seu coração e seus pensamentos em ordem.
Quando chegou ao topo,
topou com o Guru.
-Venho de longe. Procuro sua ajuda. Disse quase sem folego a jovem.
O Guru permaneceu contemplando a paisagem.
- Oi? Por favor! Soou desesperada.
O Guru então lentamente virou seu rosto para ela.
 - Não pedi que viesse.
Ela desconcentrada respondeu:
 - Eu sei, vim recomendada.
- Recomendada por quem?
- Um amigo de um amigo.
- Que tipo de ajuda procura?
 - Do tipo curadora.
 - Minha jovem, você percorreu todo esse caminho para procurar ajuda de um desconhecido?
- Percorri!
- Desculpe não posso ajudar.
- Como não? Respondeu inquisitoriamente a jovem.
O Guru olhou profundamente em seus olhos e disse:
- Peça ajuda sempre que consegui-la.
- Como?
- Pense no que falei. Respondeu ele virando-lhe as costas.

SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.