A janela e o Caminho

by 4/20/2013 1 comentários
Pela estreita Janela, a jovem senhora sonhava encontrar o Amor.
Um belo dia, o rotineiro passante perguntou-lhe:
- Senhora, o que faz tanto parada nesta fresta?
A senhora então respondeu:
- Estou à espera do amor.
O passante seguiu seu caminho.
Três anos depois, enfastiado pela mesma paisagem, o passante dirigiu-se novamente a senhora:
 - Senhora pelo que vejo o Amor ainda não lhe deu as caras.
A senhora não se esforçou para responder, apenas olhou com desprezo.
Ele então ofendido alterou o tom ao dizer:
- A senhora é tola, permanece anos e anos na mesma janela esperando algo novo quando é sabido que o repetido nunca terá frescor! A senhora respirou fundo e com delicadeza respondeu:
- Visto que o senhor é perito, me diga, existe diferença entre a mesma janela e o mesmo caminho?

SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.