O rapaz

by 10/14/2013 1 comentários
O jovem rapaz tido como o conquistador, em uma bela manhã escutou as lamurias de seus pensamentos e finalmente notou a enorme falta que a não solidão e o amor lhe faziam. Transbordado então de sentido para tais motivos, gritou para si mesmo: 
- VOZ, por mais que provoque pavor diga mais por favor. Não suporto essa contínua ausência de arritmia. Prefiro arrancar do coração a verdade, do que viver sem compreender a alma.

SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.