O Sábio e o Destino

by 4/22/2015 0 comentários
Em um dia nada chuvoso, ele indeciso sobre quase tudo recorreu a um sábio que vivia sentado ao pé da árvore mais desconfortável da história da praça do centro da cidade.

- Bom sábio, espero não estar atrapalhando, mas pensei que poderia perguntar algo para você?

- Pergunte então meu rapaz.

- As vezes me pego duvidando do destino, quando algo não dar certo devo acreditar que esse era o destino ou devo insistir?

O sábio da praça não pareceu saber a resposta, agora estava claro o porque ninguém incomodava o tal ancião. Ele percebendo o silêncio contínuo, desistiu e seguiu seu caminho.

- Ei rapaz, aonde vai? O sábio perguntou quebrando, sem mais nem menos, a indiferença.

- Embora, pelo que vi você também não sabe a resposta.

- E pelo jeito você sabe, me diz qual é...

Ele abriu o largo sorriso e correndo saiu atrás da atual-ex-futura namorada.




SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.