Para quem não quisesse ouvir ela disse: - Eu era generosa, mas uns arrancaram meus cabelos, e outros dilaceraram meus sapatos.
A confiança gera excentricidade, enquanto o medo realidade. Vivemos conjugando aquilo que nos é oposto, que desgosto.
O Amor não é algo pensado, ou algo comprado, inventado, superestimado; O amor é algo descontaminado.



Eu te quero
      e você me quer,
                     o resto é excesso

Feliz Dia dos  nAMORados


Vamos dizer
          que sabemos o que é amar
Assim fica mais fácil ver o
                                 dia clarear.


- Assim como nos sonhos, os acontecimentos da vida despertam ao tempo que fenecem.

E se poesia fosse moeda?

- Pode ser um pingo de chuva
Pode parecer um unicórnio
Pode morar dentro de uma estrela
Pode interpretar um místico
      e nada mais fará sentido. 



Você vem com a sua zoeira
achando que tá arrasando
no fundo sabe
que a tortura que faz
disfarça o limbo em que sua alma habita
Que tal lidar com o vazio ao invés de ruir seu afim?
Borá lá, buscar um real motivo para sorrir
Porque rir de outros é pleito de otário e sequelado!
 
Por vezes a certeza é confundida com clareza. Saiba que quando há clareza, dispensada é a certeza.
A solução para o medo é a confiança.

As palavras possuem asas.
 
- Não vou embora só porque a pressão mudou e o tempo partiu, não mesmo! Quer saber, vou ficar e você se aconchegue pra lá.


Nas trêmulas linhas
o desafio sussurra
fratura as unhas
e a densidade
sopro estafante
Me nego,
mas que incerto
ainda que irresoluta
não estranho a luta. 


- Não vejo o revelo que você exalta sem medo, mas percebo que alguns encontram o buraco enquanto outros, o amado.


Meu pedido
como vírus sorrateiro
desapercebido,
desaparecido
ainda flutua sobre a água pura
e o brado absorvido
a qualquer distração será perdido.


Em dia cheio de marasmo, é fácil reconhecer o que faz entristecer.