- Tenho medo do Ignorante, este, tudo pode.
 

Ignorar a razão, obedecer palavras que claramente mentem, acreditar na doutrinação ;  Enquanto a inteligência escorre, a alma encolhe.

Salve-se quem puder!

Qual é o seu estado natural? Aquele sem expectativa, sem necessidade de aceitação, sem do caráter manipulação?


Ele voltou-se para ela abraçando suas mágoas e disse: - Para que tentar interromper a chuva, se a tempestade é inevitável?


Era noite. Ela voltou-se para mim e com o olhar perfurante indagou:  - Doçuras ou travessuras?



- Se você sabe voar, não precisa saltar!
O Avestruz um dia me disse: - Não adianta esconder a cabeça, até lá no fundo, a realidade comparece.


Pelo som da subsistência, ela acordou moderada ... E logo, sua alma ficou como gemada...


A Baleia poderia devorar o mar
Mas não faz
Pois sabe que ficaria sem
Onde nadar.



Se a nuvem

lutar contra a chuva

secarão as uvas.


O homem surfa mesmo não sabendo nadar.


Penso mais na negatividade
Do que consigo fugir da cidade

Todos os dias as mesmas ações
Um carro, um ônibus, um metrô
Lotados de Frustrações

Somos incapacitados
Como alcançar o outro lado
Com o coração parado?
Estamos acovardados!


Que meus pensamentos se ocupem de inquietações como, se os lençóis estão limpos, se a xícara está cheia, se vai chover, se o sapato está virado, se comprei cenoura, se guardei a vassoura!