Somos leves e sensíveis como pétalas de margaridas.





Quando não tinha o que fazer, reclamava.
Quando tinha o que fazer, também reclamava.
A eterna falta de si mesma, disse ela para ela mesma.



O mais difícil da vida não é acreditar em fantasia, e sim, transformá-la em realidade.


 Talvez a vida não seja sobre desatar nós, e sim como entende-los. 


 

Na realidade profunda,
Nada esquentará-te
além de ti mesmo.
nada 
Talvez o momento não seja sobre o que fazemos e sim sobre o que pensamos. Nessa nova realidade, onde o corpo permanece confinado, são os pensamentos que geram movimentos. 
  


Todas as partes não precisam ser perfeitas para manter o equilíbrio.
Sim, somos frágeis.
Dinheiro, roupas de marca, carros e jóias não nos protegem de nada, de absolutamente nada.
Não é novidade, mas hoje, temos certeza, a felicidade não tem preço,
A saúde é o que mais importa,
A família nos completa,
Os bons amigos nos fazem falta,
O trabalho enriquece alma e não só o bolso.
Sim, eramos bobos e sonâmbulos.
Estamos incubados e sairemos, finalmente curados.
O tempo, quando letrado na síntese,
 Está fadado a viver Interrompido.