Pocket conto- A Justiça

by 1/25/2011 0 comentários
Silyui sempre perdeu tudo que mais amava, um dia depois de um longo dia, recebeu a pior notícia do dia e desta vez não se calou.
- Silyui, tudo bem? Perguntou a caudadora de tristeza.
- Se você está ligando é sinal de que nada está bem.
- Desculpa te ligar mas não há o que fazer. Disse a Causadora.
- Quando alguém diz que nada pode fazer é porque nada tentou fazer.
- O que você quer dizer com isso? Fiz tudo que podia.
- Se você fizesse tudo, evitaria a injustiça. Respondeu Silyui.
- Não tinha como evitar.
- Causadora, a injustiça sempre pode e deve ser evitada, se você não conseguiu é porque não tentou.
- Tentei sim.
- Aquele que se cala diante da injustiça, faz um acordo sem revogação com a morte sombria da essência do ser.
- Isso não é verdade.
- Quantas pessoas tens ao seu lado?
A causadora desligou o telefone.


"A verdadeira justiça é aquela que além dos fatos, absolutamente nada interfere na decisão."

SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.