Só o tempo salva! Será?

by 2/26/2012 0 comentários
Por um átomo do acaso
O ardiloso tempo por fim
Saraivou a doce vida.

Suas trevosas verdades
Pereceram o segundo,
Vivificaram as horas.

Agora
mesmo embevecidos
Pelo imo d´alma
Delongamos a nos livrar dos infaustos.


SS Martinelli

S²FM

Pela janela olhei, tulipas não encontrei. Pensei, Filosofei, Bloguei.